SUMÁRIO

Apresentação
Auterives Maciel Júnior
Daniel Kupermann

Gilles Deleuze: o ato de criação
Adrián Cangi

Quando a clínica se encontra com a política
Ana Maria do Rego Monteiro de Abreu
Cecília Maria Bouças Coimbra

O problema da escolha e os impasses da clínica na era do biopoder
Auterives Maciel Júnior

Invasão do cotidiano: algumas direções para pensar uma clínica das subjetividades contemporâneas
Cristina Rauter

Resistência no  encontro afetivo e criação
na experiência clínica
Daniel Kupermann

Passagens da clínica
Eduardo Passos
Regina Benevides

Diagnósticos da contemporaneidade
Joel Birman

Arte e subjetividade na experiência teatral: contribuições de Jurema da Pavuna
Luis Antonio Baptista

A impossível psicanálise sem álibi (a propósito de uma conferência de Jacques Derrida)
Mário Bruno

Sem rosto: limites das prerrogativas do eu (moi) na criação – a idéia de mínimo  em Deleuze
René Schérer

Literatura e clínica: ato de criação e subjetividade
Silvia Tedesco

Sobre os autores
  voltar        
 

OS ensaios aqui reunidos procuram expressar a multiplicidade de discursos presentes no ato de refletir sobre a clínica. Seus autores visam estabelecer, na apresentação de seus argumentos, ressonâncias entre os diversos saberes implicados na elucidação dos processos hoje atuantes na produção das subjetividades. Ante a constatação de que, na contemporaneidade, o exercício da clínica encontra impasses inéditos na lida com as várias formas de padecimento subjetivo, trata-se, sobretudo, de viabilizar formas inéditas de sentir, de afetar e de ser afetado. Mais que respostas definitivas, importa a constituição de um espaço intermediário de experimentação em que tanto o paciente quanto o clínico favoreçam a transfor-mação dos sofrimentos excessivos.

 

 
 Polifonias: clínica, política e criação
 Auterives Maciel Júnior, Daniel Kupermann, Silvia Tedesco (org.)  
 85-86011-90-8 | 16 x 23 cm | 152 p. | 2005
 42,00