AtlantidaElites, fronteiras e cultura do Império do Brasil
Tânia Maria Bessone | Lucia Maria Bastos P. Neves | Lucia Maria P. Guimarães [org.]
236 p. | 2013 | 15,5 x 23 cm | 1ª edição | 978-85-7740-150-5


R$48,00

O livro organizado por Tânia Bessone, Lucia Bastos e Lucia Guimarães dá continuidade aos trabalhos apresentados no Simpósio Temático “Dimensões e fronteiras do Império Brasileiro: práticas e concepções de cidadania”, apresentado na ANPUH Nacional de 2011, realizada em São Paulo. O primeiro volume, Dimensões Políticas do Império do Brasil, foi publicado no ano passado.
Reunindo pesquisadores de várias regiões do Brasil, a obra demonstra o grande interesse que os estudos sobre o oitocentos vêm caracterizando a nossa recente historiografia. Parte desses pesquisadores, que aqui se fazem presentes, bem como as organizadoras, integram um grupo de pesquisa (Pronex/Faperj/CNPq) que, há alguns anos se dedicam ao estudo do século XIX, especialmente, às análises do político, em conexão, com a cultura, as instituições, a economia e à escravidão. O grupo ainda se caracteriza por abordagens distintas, fontes diversificadas e metodologia adequada que procuram valorizar a história enquanto o estudo das correlações, evitando explicações únicas e lineares.
Incorporando tais premissas, os trabalhos, que aqui vêm à luz, dedicam-se, sobretudo, aos temas do político, ressaltando sua especificidade e sua relevância no processo histórico, sem, contudo, considerá-lo como único elemento explicativo, uma vez que a história política desconectada do social, do cultural e do econômico está condenada a um retrocesso. Os diversos textos se voltam para o estudo das elites, das hierarquias sociais, das estruturas de poder, do comércio de escravos, do papel das fronteiras na organização do Estado, das práticas culturais e dos direitos e deveres dos cidadãos.
O livro possibilita, assim, dar ao público leitor mais uma oportunidade de novas pistas para outras investigações sobre a complexa problemática da interpretação do Estado e das práticas da cidadania do longo século XIX.

Lucia Maria Bastos P. Neves






SUMÁRIO


APRESENTAÇÃO. 
O IMPÉRIO DO BRASIL: NOVOS ESTUDOS
Tânia Maria Tavares Bessone da Cruz Ferreira
Lucia Maria Bastos Pereira das Neves
 
Lucia Maria Paschoal Guimarães


PARTE I. ELITES E PODER NO IMPÉRIO DO BRASIL

POR UMA MICRO-HISTÓRIA DA FAMÍLIA 
Mariana de Aguiar Ferreira Muaze

MERCÊ E NOBILITAÇÃO: A CONSTRUÇÃO DAS ELITES IMPERIAIS
ATRAVÉS DOS HÁBITOS DAS ORDENS HONORÍFICAS. 
Camila Borges da Silva

SABER NEGOCIAR: A INSERÇÃO DA ELITE LOCAL
NA ESTRUTURA DE PODER DO ESTADO BRASILEIRO
(NA TRANSIÇÃO DO IMPÉRIO PARA A REPÚBLICA)
Carina Martiny


PARTE II. FRONTEIRAS E PODER NO IMPÉRIO DO BRASIL

DESAFIOS POLÍTICOS NAS FRONTEIRAS DO IMPÉRIO:
DO DISCURSO DA ORDEM AO ENCALÇO DA CIVILIZAÇÃO
EM MATO GROSSO (1834–1862) 
Ernesto Cerveira de Sena

“NO CENTRO DAS MATAS”:
AS COLÔNIAS MILITARES E OS EMBATES DOS ANOS 1850. 
Maria Luiza Ferreira de Oliveira

“TRATADOS EXTORQUIDOS”: CONSIDERAÇÕES DE
RAIMUNDO JOSÉ DA CUNHA MATTOS ACERCA DA CONVENÇÃO
SOBRE O COMÉRCIO DE ESCRAVOS COM A GRÃ-BRETANHA
Neuma Brilhante Rodrigues


PARTE III. PRÁTICAS CULTURAIS E PODER NO IMPÉRIO DO BRASIL

O EFÊMERO PROJETO DE MIGRAÇÃO CHINESA 
Lucia Maria Paschoal Guimarães

FOGOS DE ARTIFÍCIO:
ESPLENDOR E PERIGO, DIREITOS E DEVERES
NO RIO DE JANEIRO DO SÉCULO XIX 
Anita Correia Lima de Almeida

CARLOS COSTA E A MÃI DE FAMILIA:
CONCEPÇÕES ACERCA DA MATERNIDADE
EM FINS DO OITOCENTOS 
Karoline Carula

SOBRE OS AUTORES